15 de jun de 2011

A Gastronomia nas Festas Juninas... Julhinas...

"Um dia uma pessoa que não gostava da outra por pura inveja resolveu enviar-lhe uma caixa de estrume, isso mesmo, acredite se quiser!

A pessoa que recebeu o “regalo” tratou de encomendar um bouquet de rosas belas e perfumadas e enviar à outra com um bilhete delicadamente escrito.

Qual não foi a surpresa da pobre ao receber o lindo bouquet da pessoa que invejava e ler o bilhete que dizia:



“Cada um dá aquilo que tem”.

Por isso, quando você tiver que receber em sua casa alguém que lhe inveja, quebre o mau-olhado com essas doces receitas.

Adoce a vida de quem é amargo porque no final das contas a inveja dos pobres de espírito é que faz a nossa fama. "

Receitas

Bolo de pinhão
Ingredientes:
1 xícara (chá) de manteiga
1 lata de leite condensado
4 gemas
1 pitada de sal
1 xícara (chá) de pinhão cozido, descascado e moído
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
4 claras em neve
Glacê
1 e 1/2 xícara (chá) de açúcar de confeiteiro
1 colher (sopa) de suco de limão
Modo de Preparo:
Massa:
Bata a manteiga até ficar macia. Aos poucos, despeje o leite condensado até obter um creme. Sem parar de bater, junte as gemas, uma a uma, o sal, o pinhão, a farinha, o fermento e, por último, misture delicadamente as claras em neve. Coloque a massa em uma assadeira untada e leve ao forno por 30 minutos, ou até dourar. Retire do forno e deixe esfriar.
Glacê:
Em uma panela, coloque o açúcar, o suco de limão e 2 colheres (sopa) de água quente. Leve ao fogo e mexa até obter uma mistura homogênea. Desenforme o bolo e cubra com o glacê.

Bolo de pé-de-moleque
Ingredientes:
2,5 kg de mandioca
600 g de rapadura
200 de manteiga
1/2 xícara (chá) de café em infusão
1 xícara (chá) de chocolate em pó
1 xícara (chá) de especiarias (cravo-da-índia, canela e erva-doce)
1 caixinha (200 g) de leite de coco
1 xícara (chá) de castanha de caju picada grosseiramente
2 colheres (chá) de manteiga
30 castanhas de caju para decorar
Modo de Preparo:
Ligue o forno à temperatura média. Lave a mandioca, descasque e lave novamente. Parta a mandioca ao meio, elimine o filamento central e corte-a em pedaços. Coloque no processador e bata, aos poucos, até obter uma pasta ralada. Transfira para uma tigela. Parta a rapadura em pedaços pequenos e coloque numa panela. Adicione 6 colheres (sopa) de água e leve ao fogo. Cozinhe por 6 minutos, ou até a rapadura derreter. Retire do fogo e despeje sobre a massa da mandioca. Junte a manteiga (reserve 3 colheres de chá). Mexa vigorosamente ou até ficar homogêneo. Adicione o café, o chocolate, as especiarias, o leite de coco e as castanhas de caju. Misture com um pão-duro até ficar homogêneo. Com a manteiga reservada, unte uma assadeira de 28 cm x 40 cm e despeje a massa. Leve ao forno por 1 hora, ou até que enfiando um palito no bolo ele saia limpo. Retire do forno, espere amornar, desenforme e corte em 30 pedaços. Decore com a castanha de caju.




Arroz-doce ao perfume de flor de laranjeira


Ingredientes:
1 xícara de arroz lavado e escorrido
4 xícaras de leite
1 lt de leite condensado
2 colheres de sopa de água de flor de laranjeira
1 colher de sopa de canela em pó
Modo de Preparo:
Numa panela, coloque o arroz e o leite, misture, leve ao fogo alto e deixe ferver. Reduza o fogo para brando e cozinhe, mexendo sempre com uma colher de pau para a mistura não grudar no fundo da panela, por cerca de 50 minutos ou até o arroz ficar macio. Acrescente o leite condensado e a água de flor de laranjeira, misture bem e tire do fogo. Coloque o arroz-doce numa travessa, polvilhe com canela e sirva.


Queijadinha
Ingredientes:
1 xícara (180 a 200g) de açúcar
6 ovos
1 xícara de manteiga
1/2 xícara de chá de leite
1 xícara de chá de farinha de trigo
1 xícara queijo mineiro curado ralado
100g de coco ralado
1 colher (sobremesa) de fermento em pó
Modo de Preparo:
Coloque em uma batedeira o açúcar e os ovos e bata por 5 minutos, até que fique bem cremoso. Junte a manteiga e bata por mais 5 minutos. Adicione o leite e misture bem. Junte a farinha e bata até obter uma massa lisa. Em seguida, coloque o queijo, o coco e o fermento. Misture bem e coloque as queijadinhas em forminhas de papel (dentro de forminhasde alumínio). Leve ao forno médio preaquecido por 30 minutos, ou até que enfiando um palito ele saia limpo.

Prêmio Melhores do Ano Prazeres da Mesa 2011



Melhores da Gastronomia 2011




Chef do ano
• Pascal Valero (Kaá, São Paulo)

Chef revelação
• Ivo Lopes (Due Cuochi, São Paulo)
• Thiago Castanho (Remanso do Peixe, Belém)

Restaurante do ano
• Tre Bicchieri (São Paulo)

Restaurante de cozinha brasileira
• Oficina do Sabor (Olinda, PE)

Barman
• Marcelo Serrano (MyNY Bar, São Paulo)

Sommelier
• Tiago Locatelli (Varanda Grill, São Paulo)
• Jô Barros (Dui, São Paulo)

Barista
• Isabela Raposeiras (Coffee Lab, São Paulo)

Bar do ano
• MyNY (São Paulo)

Chef pâtissier
• Carole Crema (La Vie en Douce, São Paulo)

Banqueteira
• Adriana Cymes (Buffet Arroz de Festa, São Paulo)

Brigada
• Parigi (São Paulo)

Artesão da gastronomia
• Amma Chocolate (Bahia)

Júri
Adelaide Engler (escritora); Adriana Cymes (Buffet Arroz de Festa); Ailin Aleixo (jornalista); Alessandra Blanco (iG); Alex Atala (D.O.M. e Dalva e Dito); André Falcão (La Pasta Galleria); Arnaldo Lorençato (Veja SP); Bel Coelho (Dui); Bruno Grando (Buffet Colonial); Carlos Ribeiro (Na Cozinha); Carole Crema (La Vie en Douce); Carolina Carnicelli (Folie); Christian Burjakian (Limonn); Cristina Rósel (Bellini Ristorante); Danio Braga (Locanda della Mimosa); Diego Arrebola (Olivetto Restaurante e Enoteca); Diogo Carvalho (blogueiro); Duca Lapenda (Pomodoro Café); Edinho Engel (Amado); Edu Passarelli (Melograno); Ensei Neto (Coffee Bureau); Erick Jacquin (La Brasserie); Fabio Andrade (Arola Vintetres); Fabíola Toschi (Atelier Fabíola Toschi); Felipe Bronze (Oro); Flávia Quaresma (consultora); Giuliana Nigro (Pasquale Cantina); Jacques Trefois (gourmand); Jefferson Rueda (Bar da Dona Onça); Jô Barros (Dui); Joca Pontes (Ponte Nova); José Luiz G. Pagliari (especialista em vinho); Juarez Campos (Oriundi); Juliana Reis (Senac São Paulo); Kike Costa (jornalista); Lamberto Percussi (Vinheria Percussi); Mara Mello (Mara Mello Doces de Autor); Mônica Dajcz (Mônica Dajcz Gastronomia); Mônica Rangel (Gosto com Gosto); Marcelo Magaldi (Buffet Fasano); Marcelo Malta (coordenador da FMU); Marcos Sodré (Sawasdee); Mariana Proença (revista Espresso); Paulo Barros (Due Cuocchi); Rafael Barros (Ópera Ganache); Renata Braune (Chef Rouge); Renata Fernandes (Folie); Roberta Malta (jornalista); Roland Villard (Le Pré Catelan); Tatiana Szeles (Boa Bistrô); Tereza Paim (Terreiro Bahia); Tsuyoshi Murakami (Kinoshita); Vanessa Lins (Folha de Pernambuco); Viko Tangoda (Viko Gastronomia).


Homenagem especial

Personalidade da gastronomia

Alex Atala (D.O.M., São Paulo)
O ano é dele: Alex Atala, o chef que está onde nenhum outro cozinheiro brasileiro chegou antes. Seu principal restaurante em São Paulo, o D.O.M., foi considerado o sétimo melhor do mundo, segundo a revista inglesa Restaurant. Nesta lista, Alex está há seis anos consecutivos. Entre 2006 e 2011, a evolução, ano a ano, foi clara: 50o, 38o, 40o, 24o, 18o e, por fim, o atual sétimo lugar. Neste último ano, Alex também provou ser um homem com visão empresarial. Depois de uma derrapada no começo do Dalva e Dito, seu segundo restaurante paulistano, ele conseguiu colocar o negócio no prumo. Inventou até uma galinhada na madrugada do sábado, transformando a casa num point animado frequentado por outros chefs de cozinha. E ainda continua agitando em festivais, desde Belém, no Pará, até a Lapônia, apresentando a moderna cozinha brasileira e fazendo escola.


Responsabilidade social na alimentação
ONG Banco de Alimentos (São Paulo, SP)


Personagem do vinho
Carlos Cabral (consultor)




Fonte: Prazeres da Mesa

http://prazeresdamesa.uol.com.br/